Entenda o comunicado do Banco Central sobre a SELIC

No último dia 21/03, o Comitê de Política Monetária (COPOM) do Banco Central divulgou a nova SELIC Meta, de 6,5% a.a., um corte de 0,25 pontos percentuais em relação à Meta anterior, de 6,75% a.a. A decisão foi unânime. Até então, tudo estava dentro do esperado pelo mercado, que considerava essa a última redução de juros nesse ciclo. A mudança veio com a divulgação do comunicado do Banco Central (comum após a término da reunião), que indicou que, considerando a situação atual, deve fazer um n...
Leia mais ›

Mudanças no cálculo da TR

No último dia 18/01, o Banco Central divulgou, por meio da Resolução 4.624, alterações no cálculo da TR, criada em 1991 e que é utilizada na remuneração da poupança, em algumas linhas de financiamento imobiliário, entre outros. A resolução altera também a metodologia de cálculo da TBF (Taxa Básica Financeira), taxa que dá origem à TR, conforme já explicado nesse blog (link acima). A principal mudança é quanto à origem dos valores. Até essa data, a TBF era calculada com base na média das taxas...
Leia mais ›

Vale a pena correr mais riscos com os juros em queda?

Na última reunião do COPOM, os juros básicos da nossa economia (SELIC meta) foram reduzidos a 7,5% a.a., podendo chegar 7% a.a. ainda em 2017, o menor patamar da história. Com isso, os investimentos de Renda Fixa mais tradicionais, vinculados à SELIC ou ao DI passam a ter menor rendimento. Nesse cenário, parece mais vantajoso migrar para investimentos mais arriscados. Mas será que isso faz sentido para todos? Primeiramente, é importante resgatar o conceito de juros reais, que são aqueles q...
Leia mais ›