Vale a pena correr mais riscos com os juros em queda?

Na última reunião do COPOM, os juros básicos da nossa economia (SELIC meta) foram reduzidos a 7,5% a.a., podendo chegar 7% a.a. ainda em 2017, o menor patamar da história. Com isso, os investimentos de Renda Fixa mais tradicionais, vinculados à SELIC ou ao DI passam a ter menor rendimento. Nesse cenário, parece mais vantajoso migrar para investimentos mais arriscados. Mas será que isso faz sentido para todos? Primeiramente, é importante resgatar o conceito de juros reais, que são aqueles q...
Leia mais ›

O que são TLP e TJLP?

Há algum tempo, vem ocorrendo uma discussão sobre as taxas de juros das operações de crédito concedidas via BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). Muitas dessas operações tem seus juros vinculados à chamada Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP), uma taxa definida pelo Banco Central, cujo valor é mais baixo do que as taxas cobradas no mercado. Diante dessa discussão, foi publicada, em 21/09/2017 a Lei nº 13.483, que extingue a TJLP e cria a TLP (Taxa de Longo Prazo). Por m...
Leia mais ›

Grandes mudanças com a nova SELIC

No último dia 06/09, o Banco Central divulgou a nova meta SELIC, de 8,25% a.a.. Além de representar a continuidade de uma sequência de reduções iniciada no final do ano passado e a possibilidade de novas reduções ainda esse ano, essa decisão possui um impacto muito importante na nossa economia: Reduz a rentabilidade da poupança. Isso acontece em razão da Lei 12.703 que alterou a rentabilidade dos depósitos efetuados após 02 de maio de 2012, mantendo a remuneração de 0,5% a.m.+ TR (6,17% a.a. ...
Leia mais ›

O que é CDS?

Não confunda com CDB (Certificado de Depósito Bancário), que já abordamos anteriormente. Nesse caso, trata-se de uma sigla em inglês que significa "Credit Default Swap", que na prática é um seguro feito no exterior para garantir uma dívida. Caso o devedor não pague, a seguradora reembolsará o credor pelo valor emprestado. Mas porque isso é importante para nós? O Brasil possui operações de crédito tomadas no exterior a partir de títulos emitidos (como os do Tesouro Direto). Ocorre que, q...
Leia mais ›

Qual o menor valor para a Selic?

Desde o final do ano passado, iniciamos um bem vindo movimento de redução nos juros brasileiros, com a meta Selic reduzindo de 14,25% a.a. para os atuais 10,25% a.a. O mercado, por meio do relatório Focus, do Banco Central, estima que os juros básicos da nossa economia terminarão ao ano de 2017 em 8% a.a., pouco mais da metade da taxa praticada ao longo de 2016. Mas qual o limite dessa redução? Esse limite foi testado no período que culminou em 2012, quando a meta Selic chegou a 7,25% a...
Leia mais ›

O que são Metas de Inflação?

No dia 28 de Junho, foi publicado o Decreto 9.083/2017, que altera o Decreto 3.088/1999, responsável pelo estabelecimento das Metas de Inflação. Mas o que são essas metas e como elas afetam nosso bolso? Essa é a pergunta a ser respondida nessa postagem. As metas de inflação foram estabelecidas em 1999, conforme citado acima, e referem-se a um teto de inflação (medida pelo IPCA - Índice de Preços a Consumidor Amplo) a ser perseguido pelo governo e que serve de balizador para a política mone...
Leia mais ›

Relatório Focus – Banco Central

Apesar de não ser possível "prever" o futuro da economia, é possível saber como o mercado acredita que ela vá se comportar. Estou falando do relatório Focus, do Banco Central (Bacen) tema dessa postagem. Semanalmente, o Bacen consulta as principais empresas e bancos brasileiros sobre como serão, na opinião delas, o ano corrente (atual) e os dois próximos nos seguintes indicadores, entre outros: Inflação - IPCA, IGP-DI, IGP-M e IPC-FIPE Taxa de Câmbio (Dólar - US$) - Fim do período ...
Leia mais ›

O que é o spread?

Com as recentes reduções na SELIC meta pelo Banco Central, espera-se uma redução nas taxas de juros cobradas pelos bancos. Mas será que essa redução ocorrerá na mesma proporção? O que definirá isso será o spread bancário. De forma sucinta, o spread bancário pode ser definido como “a diferença entre a taxa de juros cobrada pelas instituições financeiras e o custo financeiro de captação dos recursos”, sendo um dos componentes da definição dos juros a serem cobrados pelos bancos. O outro c...
Leia mais ›

Mudança nos juros sobre atraso de pagamentos

No dia 23/02, o Conselho Monetário Nacional (CMN) divulgou a Resolução 4.558, que trata dos juros por atraso no pagamento de operações aos bancos, limitando o valor que pode ser cobrado. Essa resolução, que entra em vigor em setembro de 2017, prevê que os bancos somente podem cobrar os seguintes encargos quando houve atraso de pagamento pelo cliente: I - juros remuneratórios, por dia de atraso, sobre a parcela vencida; II - multa, nos termos da legislação em vigor; e III - juros de mora, n...
Leia mais ›

O que significa a última queda na taxa de juros?

Por mais que alguns analistas apostassem um uma queda na meta SELIC de 0,75 p.p. (pontos percentuais) como de fato aconteceu, essa opinião não era unânime e o resultado da última reunião do COPOM, em 11/01 surpreendeu muita gente. Vale ressaltar que essa foi a primeira vez, desde 18/04/2012, que tivemos uma redução tão grande na taxa básica de juros do Brasil. Qual a causa dessa queda? O que ela significa? Vamos tratar desse assunto hoje, começando pelas causas: Causas da Redução na met...
Leia mais ›