LIG – Letra Imobiliária Garantida

No dia 29 de Agosto, o Banco Central publicou a Resolução BACEN 4.598, que criou uma nova modalidade de investimento: a Letra Imobiliária Garantida - LIG. Trata-se de um título de renda fixa emitido por bancos múltiplos, comerciais e de investimento, sociedades de crédito financiamento e investimento, caixas econômicas, entre outros, cuja garantia é dada pelo emissor e por uma carteira de ativos escolhida pelo mesmo. Esse é o grande diferencial dessa aplicação, que une as garantias da LCI (em...
Leia mais ›

O que é CDS?

Não confunda com CDB (Certificado de Depósito Bancário), que já abordamos anteriormente. Nesse caso, trata-se de uma sigla em inglês que significa "Credit Default Swap", que na prática é um seguro feito no exterior para garantir uma dívida. Caso o devedor não pague, a seguradora reembolsará o credor pelo valor emprestado. Mas porque isso é importante para nós? O Brasil possui operações de crédito tomadas no exterior a partir de títulos emitidos (como os do Tesouro Direto). Ocorre que, q...
Leia mais ›

Investimentos para cada perfil – Arrojado

Finalizando nossa série de postagens sobre os investimentos para cada perfil, vamos tratar do perfil arrojado. Ele possui, em geral, as seguintes características: Perfil empreendedor; Prazo longo de investimento; Alto conhecimento sobre o mercado financeiro; Busca por rentabilidade, mesmo que, para isso, precise correr altos riscos. Isso não significa que todo o seu investimento será destinado para as opções abaixo. O investidor arrojado priorizará a rentabilidade em detrimen...
Leia mais ›

Investimentos para cada perfil – Moderado

Na semana passada, vimos os investimentos recomendados para quem possui perfil conservador. Hoje vamos tratar do perfil de investidor Moderado. Esse perfil contempla um "meio termo" entre os conservadores e os arrojados. Geralmente, o investidor moderado apresenta as seguintes características: Bom conhecimento do mercado financeiro; Uma parte do valor a ser investido tem prazo mais longo para utilização; Busca rendimento superior aos investimentos tradicionais, mas com "pé no chão"...
Leia mais ›

Investimentos para cada perfil – Conservador

Já tratamos diversas vezes o tem de investimentos, reforçando a ideia de que não existe o "melhor investimento", mas, sim, o mais adequado para cada um, considerando seu perfil e seus projetos. A intenção dessa postagem é a de identificar tipos de investimentos adequados para cada perfil. Isso não significa que uma pessoa conservadora está proibido de investir seu dinheiro em opções mais arriscadas, mas, esses, não são adequados ao seu perfil e podem trazer resultados diferentes dos esperados...
Leia mais ›

Posso perder dinheiro com Renda Fixa?

As notícias recentes relacionadas à política brasileira causaram turbulência na nossa economia nas últimas duas semanas. Com isso, alguns fundos de Renda Fixa apresentaram rendimentos negativos em alguns dias. Mas como é possível? Relembrando, os investimentos em Renda Fixa podem ser caracterizados como títulos públicos (emitidos pelo governo federal e, portanto, com baixo risco de crédito) ou privados (emitidos por bancos ou empresas, com riscos de crédito variados). Além dos riscos de crédi...
Leia mais ›

Certificado de Recebíveis Imobiliários – CRI

Hoje vamos dar continuidade na nossa abordagem dos Certificados de Recebíveis, opções que vêm surgindo como alternativa para os investidores de Renda Fixa. Na semana passada, tratamos dos Certificados de Recebíveis do Agronegócio - CRAs. Nessa semana, abordaremos os Certificados de Recebíveis Imobiliários - CRIs. A sua regulação ocorre pela Lei 9.514 (a mesma dos LCIs) e, assim como os CRAs, somente podem ser emitidos por companhias securitizadoras (que compram operações de crédito de outras ...
Leia mais ›

Certificado de Recebíveis do Agronegócio – CRA

Como uma alternativa aos investimentos tradicionais, os bancos e corretoras estão ampliando a oferta dos Certificados de Recebíveis, tanto do Agronegócio (CRAs), quanto Imobiliários (CRIs). Nessa postagem e na próxima, vamos abordar esses dois títulos, começando pelos CRAs. Primeiramente, os CRAs são títulos nominativos emitidos somente por companhias securitizadoras (que compra operações de crédito de outras empresas, como bancos) e regulados pela Lei 11.076, a mesma das LCAs (Letras de Créd...
Leia mais ›

Renda fixa rende menos que poupança?

Sim, é difícil de acreditar mas há "especialistas" propagando essa ideia após as duas reduções na SELIC do final do ano de 2016 (de 14,25% a.a. para terminou em 13,75% a.a.) e a redução de 0,75 p.p. (pontos percentuais) em 11/01 (primeira reunião do ano), ficando em 13% a.a., com perspectiva de novas quedas. Vamos ver se isso faz sentido? Primeiramente, vamos relembrar o que são Renda Fixa e Poupança: Renda Fixa: Conforme tratado anteriormente, investimentos de Renda Fixa são todos aq...
Leia mais ›

Como fica meu bolso com a queda na SELIC?

Venho falando há bastante tempo sobre os efeitos dos juros na economia e no nosso bolso. Conforme visto na semana passada, o Banco Central reduziu a SELIC meta de 14,25% a.a. para 14% a.a.. Essa mudança, apesar de sutil, afeta tanto nossos investimentos quanto os empréstimos e financiamentos que porventura tenhamos. Vamos ver como ocorre esse efeito? Tomadores de Crédito: Uma vez que a taxa básica de juros da economia caiu, pode haver espaço para que os bancos reduzam os juros do cheque...
Leia mais ›