Mudanças no Financiamento Imobiliário

credito-imobiliario-620x413
Com a recente redução dos juros no Brasil, com a meta SELIC em 6,5% a.a. mantida na última reunião do COPOM, em 01/08, esperava-se que haveria um estímulo natural para a compra e venda de imóveis, por dois principais motivos: - Os financiamentos ficam mais baratos; - O investimento em imóveis para alugar fica mais atrativo, pois essa renda depende mais do valor do imóvel do que dos juros da economia. O que se observa, contudo, é que esse setor não está crescendo tanto quanto se esperava...
Leia mais ›

Qual o papel da garantia?

Garantia
Quando vamos investir nosso dinheiro, estamos emprestando o mesmo para um banco (via CDB, LCA, LCI, etc), para o País (adquirindo títulos públicos), para um gestor (no caso dos fundos de investimento), entre outros. Fazemos isso na esperança de receber o dinheiro de volta com juros, certo? Mas como ter certeza de que o dinheiro será devolvido? Mesmo que não pensemos nisso, levamos em conta a garantia oferecida, seja o Fundo Garantidor de Crédito, o Risco País, entre outros. Quanto melhor essa...
Leia mais ›

Mexer na poupança ou fazer um empréstimo?

Tenho falado bastante sobre a importância de termos uma reserva financeira para não precisar recorrer a empréstimos em caso de necessidade. Essa cultura é essencial para o atingimento de nossas metas e nossos projetos pessoais. Mas é quando chega o momento de utilizarmos o dinheiro? Vale a pena gastar essa reserva? Lembre-se da história da galinha dos ovos de ouro, pois ao resgatar os investimentos, você deixará de ter esse valor disponível e não terá mais os rendimentos do mesmo. O hábito...
Leia mais ›