Possui aplicações em fundos de investimento? Leia essa postagem

O que é o “come-cotas”? 

“Come-cotas” é a tributação (imposto de renda) semestral (31/05 e 30/11) antecipada dos fundos de investimento. Ela incide sobre o rendimento acumulado durante o período entre as cobranças de imposto.

Por que esse nome?

Um fundo de investimento é como um condomínio de pessoas comprando diversos tipos de papéis (títulos públicos, títulos privados, entre outros). Cada pessoa que investe no fundo possui cotas e a variação de preço dessas cotas é o que define o rendimento do fundo. No momento da tributação, como os ativos que compõem o fundo não sofreram desvalorização, o que ocorre é uma diminuição do número de cotas de cada investidor. Por isso, a tributação semestral é chamada de “come-cotas”.

Quanto será cobrado de Imposto de Renda?


A alíquota de imposto cobrada sobre o rendimento depende do tipo de fundo de investimento, conforme abaixo:

– Curto Prazo: 20%
– Renda Fixa/Referenciados/Cambiais/Multimercado: 15%
– Ações: Não incide

Por isso, não se assuste ao consultar seus investimentos no dia 01/12, eles vão estar com saldo menor.

DICA DO CONSULTOR
Avalie sempre sua intenção de prazo antes de investir. Em função do come-cotas e da tributação, os fundos geralmente são aconselhados para investimentos de médio prazo (entre 1 e 6 anos).

Dúvidas? Estou à disposição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *