Relatório Focus – Banco Central

boletim-focus-4Apesar de não ser possível “prever” o futuro da economia, é possível saber como o mercado acredita que ela vá se comportar.

Estou falando do relatório Focus, do Banco Central (Bacen) tema dessa postagem.

Semanalmente, o Bacen consulta as principais empresas e bancos brasileiros sobre como serão, na opinião delas, o ano corrente (atual) e os dois próximos nos seguintes indicadores, entre outros:

  1. Inflação – IPCA, IGP-DI, IGP-M e IPC-FIPE
  2. Taxa de Câmbio (Dólar – US$) – Fim do período (dezembro) e Média do período (importante para entender a oscilação ao longo do(s) ano(s))
  3. Meta SELIC (Taxa de Juros) – Fim do período (dezembro) e Média do período (importante para entender a oscilação ao longo do(s) ano(s))

Esses indicadores também são projetados para o mês corrente e o próximo.

Além de fazer uma compilação de todos os dados, e divulgado também um compilação das respostas das 5 empresas/bancos que mais acertaram as projeções de curto prazo em uma tabela e de médio prazo em outra. Dessa forma, busca-se destacar a opinião de quem teve maior “credibilidade”. Essa lista muda constantemente conforme o desempenho.

O relatório pode ser acessado nesse link e serve como um “termômetro” da nossa economia, pois reflete as opiniões dos principais agentes do mercado. Como as decisões das empresas utilizam esse relatório como base, a tendência é de que ele se aproxime do que será a realidade.

A partir dele, podemos considerar que espera-se, por exemplo, que a taxa básica de juros da economia (Meta SELIC) termine 2017 em 9% a.a. (atualmente está em 12,25% a.a.) e a inflação terminará esse ano em 4,12% (abaixo da meta estabelecida pelo Banco Central de 4,5%).

Mais importante do que os valores apresentados, é a comparação com as pesquisas anteriores, pois demonstra a evolução dessa expectativa.

Voltando aos dados de juros e inflação, há 4 semanas, esperava-se terminar o ano com os juros em 9,25% e a inflação em 4,36%. Ou seja, ao longo de 4 semanas, melhoraram as expectativas do mercado quanto à nossa economia.

Para que tiver interesse, também é possível inscrever-se no site do Banco Central para receber, semanalmente, o relatório por e-mail.

Falando em cadastro, preencha o formulário abaixo e receba as atualizações do Consultor Bancário em seu e-mail.

Até breve!

2 thoughts on “Relatório Focus – Banco Central

  1. Vericando essas informações através de um colega Diretor Administrativo da Empresa, achei importante receber aos informações através do Boletim Focus do Banco Central, dai ter me cadastrado

    1. José Ferreira NUNES Filho disse:

      Espero ter sido cadastrato para receber as informções atrav´s do BOLETIM FOCUS – Semanal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *