Quanto dinheiro preciso para abrir meu negócio?

investimentoDepois que você decidiu empreender, escolhendo entre a utilização do seu CPF ou abertura de CNPJ e entre a abertura de franquia ou criação de marca própria, é hora de colocar seu negócio em funcionamento.

Gosto de tratar o empreendimento como uma forma de investimento e, por isso, há necessidade de um aporte inicial de dinheiro, além do tempo a ser dedicado. É importante, contudo, entender que não há garantias de que o seu faturamento nos meses iniciais será suficiente para cobrir suas despesas.

É necessário, então, estimar um valor mínimo que devemos ter para podermos aguentar esse período inicial. Assim, podemos dividir esse valor em três partes, conforme abaixo:

1) Implantação/Investimento Inicial: Para que você possa começar a produzir/vender/prestar serviços, você vai precisar de equipamentos, conforme sua atividade. Pode ser um computador, uma câmera fotográfica ou um impressora de adesivos. Pode ser necessário, também, que você faça algum curso ou certificação. Se você está abrindo uma franquia, o custo de aquisição da licença entra aqui. É importante fazer o levantamento dessas necessidades iniciais e pesquisar preços para não pagar mais caro do que o necessário;

2) Custeio do Empreendimento: Ao longo dos meses de funcionamento, você terá custos com aluguel, energia elétrica, reposição de materiais, funcionários (se tiver), entre outros. Aqui temos um fator que leva muitos negócios a passarem dificuldades pela falta de planejamento. É importante que você entenda seus custos fixos (que independem de quanto você vende) e variáveis (que você só tem quando produz/vende). O ideal é que você tenha 12 meses de seus custos fixos como reserva para que possa cobrir esses gastos até que o negócio “se pague”;

3) Custeio Pessoal: É importante lembrar que você deve também ter uma reserva para suas despesas pessoais, pois será mais difícil obter lucro logo no início. Evite a todo custo misturar o seu dinheiro com o da empresa, pois isso pode prejudicar todo o fluxo financeiro do seu empreendimento.

Dessa forma, o valor inicial que você precisará para abrir seu negócio é a soma entre o investimento inicial e os custeios do empreendimento e pessoal para 12 meses. Assim, você estará mais tranquilo(a) para montar seu negócio.

Mas e se não tiver o valor suficiente? Você poderá esperar e programar-se para guardar os valores necessários, o que vai lhe ajudar, inclusive, na sua organização financeira.

Caso você já tenha uma renda mensal, o seu custeio pessoal pode ser pago a partir dela, diminuindo o valor necessário inicialmente.

O planejamento é essencial para que você possa empreender com tranquilidade e assertividade.

Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *