O que é o Fundo Simples?

Fundo SimplesO que acha de uma aplicação simples e segura?

No dia 01/10, entrou em vigor um novo tipo de fundo de investimento no Brasil o chamado Fundo Simples. Ele foi instituído pela Instrução CVM 555/2014 com a finalidade de desburocratizar as aplicações em fundos de investimento para o pequeno poupador.

É um fundo de Renda Fixa, como tratado anteriormente, porém com as seguintes características:

– 95% do seu patrimônio líquido (total de aplicações) deve ser composta por títulos públicos federais, títulos emitidos por bancos ou com participação dos mesmos, desde que o risco seja o mesmo dos títulos públicos federais e operações compromissadas (que utilizam títulos públicos como garantia)

– Não possua nenhum ativo com volatilidade (ações, operações no exterior, moedas estrangeiras, etc)

– Diferentemente dos demais fundos de Renda Fixa ou Referenciados, que comparam o rendimento com o DI, o Fundo Simples deve comparar seu rendimento com a SELIC

– O Fundo Simples não exige o preenchimento do perfil de investidor, obrigatório para as demais aplicações em fundos de investimento

A intenção do Fundo Simples é a de oferecer ao pequeno poupador, aplicador de poupança, uma alternativa simples e segura.

DICA DO CONSULTOR

Verifique a taxa de administração cobrada no seu banco ou corretora antes de aplicar e lembre-se que a rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura.

O que você achou da novidade?

Até a próxima!

Assine agora nossa Newsletter e receba as atualizações do blog por e-mail!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *