O que é multiplicador monetário?

Progress and wealth: golden and silver coins stacks over whiteTambém chamado de “multiplicador bancário”, esse é um conceito muito importante para a oferta de crédito por parte dos bancos e o controle da inflação por parte do Banco Central.

Vamos conhecer mais sobre ele?

Os bancos são conhecidos como Instituições Financeiras Monetárias, pois podem receber depósitos (à vista – conta corrente ou a prazo – ex: CDBs) e utilizar esse valor para conceder crédito para seus clientes. Essa é a principal função de um banco e do Sistema Financeiro Nacional: intermediar os recursos entre os poupadores e os tomadores.

Agora vamos fazer um exercício de imaginação. Suponha que você deposite R$ 100,00 no banco. O banco pegará esses R$ 100,00 e emprestará para o Sr. Fulano, que deposita o dinheiro no banco. Nesse momento, teremos um total de R$ 200,00 circulando na economia. O banco emprestará os R$ 100,00 do Sr. Fulano para o Sr. Beltrano, que também depositará no banco, gerando um valor de R$ 300,00 em circulação na economia. Esse movimento acontecerá infinitamente, aumentando de forma desenfreada a quantidade de dinheiro na economia, gerando inflação.

Essa criação de dinheiro que ocorre a partir dos R$ 100,00 que você depositou no banco é chamada de multiplicador monetário.

Para evitar que esse multiplicador saia de controle, o Banco Central, por ordem do Conselho Monetário Nacional (Órgão máximo do Sistema Financeiro Nacional) pode atuar de duas formas:

  1. Aumento nos juros, através da definição da SELIC meta, diminuindo a procura das pessoas por crédito;
  2. Aumentando o compulsório, parcela dos depósitos mantidos no banco que não podem ser emprestados. Essa medida afeta de forma direta o multiplicador monetário, como podemos ver no exemplo abaixo, considerando um compulsório de 40%:

Exemplo:

Você deposita os mesmos R$ 100,00 no banco, porém o banco somente poderá emprestar R$ 60,00 para o Sr. Fulano, pois R$ 40,00 ficam no Banco Central a título de compulsório. Quando o Sr. Fulano depositar os R$ 60,00, o banco somente poderá emprestar R$ 36,00 ao Sr. Beltrano. Note que o valor em circulação nesse momento será de R$ 196,00, e não os R$ 300,00 do primeiro exemplo.

Em dezembro de 2016, conforme dados disponibilizados pelo Banco Central, o compulsório médio no Brasil era de 44,20%.

Ficou alguma dúvida? Deixe seu comentário!

Até a próxima!

5 thoughts on “O que é multiplicador monetário?

  1. Feitosa disse:

    Melhor artigo que encontrei sobre o assunto, tirou todas minhas dúvidas

    1. Otávio Freitas disse:

      Obrigado! Fico à disposição.

  2. Tupinambá disse:

    Resumindo, o banco é uma fábrica de dinheiro. Empresta o que não tem e faz isso, várias vezes. Sem contar que o compulsório tem rentabilidade também. Capitalismo é isso, serve primordialmente aos capitalistas, é claro.

  3. PAULO disse:

    excelente artigo muito claro e objetivo

    parabens

    1. Otávio Freitas disse:

      Muito obrigado, Paulo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *