Novidades nos boletos de cobrança

BoletoQuando recebemos um boleto para pagar, seja ele de uma compra que fizemos, ou do nosso condomínio, ele pode ser, basicamente, de dois tipos: Com Registro ou Sem registro, sendo o primeiro o mais seguro, pois , para a emissão, é informado o CPF do sacado (que deve pagar o boleto).

Em 2017, contudo, serão extintos os boletos sem registro a partir de um projeto da FEBRABAN (Federação Brasileira de Bancos). Essa medida busca, principalmente, dois objetivos:

  • Diminuição das fraudes, pois os boletos registrados exigem a informação do CPF do sacado, conforme acima. Assim, busca-se combater a emissão e envio indevidos de boletos;
  • Maior facilidade para os clientes, pois, com essa novidade, os boletos, mesmo vencidos, passarão a ser aceitos em qualquer banco. Assim, evita-se ter que ir até o caixa de um banco diferente do seu para fazer o pagamento dos boletos vencidos.

Atualmente, mesmo os boletos com registro são cadastrados em uma base centralizada. No novo modelo, o registro ocorrerá no banco de relacionamento do emissor. Dessa forma, haverá maior controle sobre as informações prestadas no documento.

O comprovante de pagamento também sofrerá alterações, passando a disponibilizar todas as informações do boleto (juros, multa, desconto, etc) e as informações do beneficiário e pagador.

Após algumas alterações no cronograma inicial, a implantação ocorrerá de forma gradual, conforme o valor dos boletos:

Boletos acima de R$ 50.000                     – 10/julho/2017
Boletos entre R$ 49.999,99 e 2.000,00 – 11/setembro/2017
Boletos entre R$ 1.999,99 e 500,00        – 09/outubro/2017
Boletos entre R$ 499,99 e 200,00           – 13/novembro/2017
Boletos abaixo de R$ 200,00                    – 11/dezembro/2017

A partir das datas acima, os bancos não mais aceitarão o pagamento de boletos sem registro.

O que achou da novidade?

Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *