Esse dinheiro não é seu

chained-up-money-8933870Parece óbvio, mas parte dos valores que aparentemente estão à sua disposição não são seus. Isso significa que você tem um custo para utilizá-los, seja na forma de juros ou no adiamento de seus projetos.

A postagem de hoje é um lembrete e busca fazer com que você avalie usar o dinheiro dos outros ou não.

Vamos a alguns exemplos:

– O cheque especial que aparece no extrato não é seu, é do banco. Se voce utilizá-lo, vai precisar pagar e os juros serão altos. Isso significa ter menos do seu dinheiro no próximo mês;

– O limite do cartão de crédito não é seu. Você pode utilizá-lo e possui um prazo combinado para devolver ao banco. Após essa data, os juros são tão altos quanto os do cheque especial;

– O dinheiro do empréstimo ou financiamento que você contratou no banco não é seu. É do banco e você deve devolver nas datas combinadas. Assim, deve ser utilizado de forma consciente e que lhe traga um benefício que compense oa juros pagos;

– O dinheiro que você está guardando para uma viagem (ou qualquer outro projeto que tenha) não é seu, é desse projeto. Para utilizar para outras finalidades, você deve “pedir autorização” dele, pois significará adiá-lo ou repôr essa quantia rapidamente, de preferência com os juros que teria ganho no período;

– A sua reserva de emergência não é sua. Ela é sua segurança em caso de dificuldades e somente deve ser utilizada em emergências, sob pena de não estar lá quando você realmente precisar;

– O seu salário só é seu após o pagamento de suas obrigações (água, luz, telefone , etc);

– O faturamento de sua empresa só é seu após o pagamento dos fornecedores, funcionários, etc.

O seu dinheiro é aquele que está na sua conta e ainda não tem finalidade definida.

Grande parte das dificuldades financeiras nascem pela utilização de dinheiro dos outros sem considerar suas consequências.

DICA DO CONSULTOR

Você tem alternativa, caso não queira utilizar dinheiro que não é seu: avalie se vale a pena adiar uma compra, por exemplo guardando mensalmente o valor das prestações de um empréstimo que faria. Esse dinheiro deixará de ser seu, mas será dessa compra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *