Dinheiro é coisa de criança

images (9)Hoje é o dia delas, aquelas pequenas pessoas que, todo os dias nos mostram uma visão de mundo livre de conceitos pré definidos e com um desejo de aprender coisas novas.

No dia das crianças,  vamos trazer 4 lições sobre nossas finanças que elas podem nos ensinar se prestarmos atenção:

1) Disciplina: Todo pai ou mãe sabe dizer não quando a criança pede algo que não pode ter, seja um brinquedo ou um passeio. E se aproveitarmos essa atitude para aplicarmos aos nossos desejos? Quantas vezes você comprou algo que sabia que não devia, mas não tinha ninguém com “autoridade” para lhe dizer não? Pense nisso. Seja seu próprio responsável na hora de tomar decisões financeiras;

2) Visão de Longo Prazo: Quanto tempo dura a educação de uma criança? Dezoito anos? Vinte anos? Muitas vezes subestimamos o longo prazo quando vamos elaborar um projeto ou fazer um investimento e isso prejudica a concretização de nossos objetivos. Longo prazo deve ser tratado como tal;

3) Aprendizado Constante: As crianças estão sempre aprendendo algo novo. Parece que, na fase adulta, acabamos por nos contentarmos com o que sabemos, e tomamos esse conhecimento como verdade absoluta. O mundo está constantemente mudando e SEMPRE há muito a aprendermos. Abra sua mente para novos conhecimentos e para a constante revisão de suas posições, mesmo que para reafirmá-las;

4) Empreendedorismo: Crianças são empreendedoras natas, sempre pensando em como fazer as coisas de forma diferente. Esse espírito deve ser incentivado, pois há muitas oportunidades para aproveitarmos.

Agir como uma criança não significa falta de maturidade. Podemos aliar a inocência e a curiosidade das crianças com a disciplina e experiência da vida adulta.

E você? Como tem tratado sua criança interior?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *