É o momento do Multimercado?

Multimercado
No último dia 11/12, o Banco Central anunciou a nova Selic Meta, agora de 4,5% a.a., renovando a mínima histórica. Há expectativa entre alguns agentes do mercado de que ocorram nova(s) redução(ões), com os juros chegando a 4% ainda em 2020. Nesse cenário, a rentabilidade dos fundos "seguros" aqueles vinculados à Selic ou ao CDI fica muito prejudicada. Há um tempo já venho abordado a diversificação dos investimentos  e a importância de uma estratégia de investimentos que mire o longo prazo....
Leia mais ›

Juros negativos no Brasil?

Juros Negativos
A próxima reunião do Comitê de Política Monetária (COPOM) deve confirmar a expectativa do mercado e reduzir a meta Selic para 4 5% a.a., renovando o piso histórico da taxa básica de juros no Brasil. Segundo algumas casas de análise econômica, há, ainda espaço para novas reduções no início de 2020, com a meta Selic chegando a 4% a.a.. Há, porém, outro paradigma a ser quebrado nesse movimento: o dos juros reais. Historicamente, até pouco tempo, o Brasil era o País com uma das maiores taxas d...
Leia mais ›

Limitados os juros do Cheque Especial

queda-taxa-de-juros-1476905551442_1920x1440
Na última quarta-feira (27/11), foi publicada a Resolução CMN nº 4.765 que muda, de forma drástica, a cobrança de juros no Cheque Especial das pessoas físicas e dos Microempreendedores Individuais (MEIs). As demais contas de Pessoas Jurídicas não são afetadas. Para fins da referida Resolução, é considerado Cheque Especial qualquer limite rotativo disponibilizado em conta corrente. A normativa divide a cobrança de encargos entre juros e tarifa, da seguinte forma: Tarifa mensal de até 0,25...
Leia mais ›